PATROCINADO:

BEM VINDO! Hoje é - 00:00:00

Busca

PATROCINADO:

Ex-jogadora da Seleção Brasileira conta sua história no futebol feminino


Lucimara participou de competições sul-americanas e mundiais com a Seleção Brasileira de base










Fonte: Jornal Panorama - Bruno Fonseca



Aconteceu entre os dias 7 de junho a 7 de julho, a Copa do Mundo de Futebol Feminino na França, que terminou com a seleção americana como tetracampeã da Copa do Mundo. O torneio teve audiências espetaculares em todo mundo e é considerado por muitos como um marco no futebol feminino.
A competição inspirou ainda mais meninas de todo o Brasil que sonham em jogar futebol. Porém, a modalidade ainda carece de muito investimento no dito “País do futebol’’, a falta de estrutura para a prática do esporte ainda é um desafio para os gestores do esporte nacional.
Lucimara Aparecida, natural de Lavras, e que reside em Itumirim, viveu por muitos anos, o sonho de ser jogadora profissional de futebol. Aos 14 anos, Lucimara foi convocada pela primeira vez para atuar na Seleção Brasileira de Futebol Feminino na categoria Sub-17. A atleta representou o sul de Minas Gerais no Campeonato Sul-Americano de Futebol Feminino Sub-17 de 2010, quando venceu o torneio e na Copa do Mundo Sub-17, em Trinidad e Tobago.
A carreira promissora de Lucimara seguiu na Seleção de base por muitos anos, quando ela também chegou a disputar o Sul-Americano Sub-20 de 2012, que aconteceu no Brasil e teve a Seleção Brasileira como vencedora.
O ponto alto da carreira de Lucimara aconteceu na Copa do Mundo Sub-20, que aconteceu no Japão. A expectativa era enorme para atuar na maior competição da categoria e Lucimara era titular no meio-campo da Seleção comandada por Caio Couto.
Lucimara iniciou a competição como reserva. A atleta viu do banco de reservas o Brasil empatar com a Itália em 1x1. Na segunda partida do Mundial, o treinador lançou Lucimara entre as titulares contra Grana. Era uma responsabilidade enorme para a atleta, que viu seu sonho ser interrompido com uma lesão. Aos 37 minutos do primeiro tempo, Lucimara rompeu os ligamentos do tornozelo direito e precisou ser substituída. Era o início do fim da carreira promissora de Lucimara. Sem Lucimara, o Brasil acabou eliminado ainda na primeira fase do torneio.
Apesar de todo apoio dado pela Seleção Brasileira, a recuperação de atletas do futebol feminino não é na mesma velocidade dos grandes clubes do futebol masculino. Lucimara então resolveu investir nos estudos e entrou para a Faculdade Federal de Lavras. Primeiramente no curso de filosofia e mais tarde na sua área de Educação Física.
Recuperada da lesão que teve na seleção, Lucimara voltou a jogar pela forte equipe de futsal de Lavras, mas acabou se machucando novamente no mesmo tornozelo. Antes disso, ela tinha sido eleita uma das melhores jogadores do estado na modalidade.
Neste ano de 2019, Lucimara deu um tempo no futebol para se dedicar mais aos estudos e a conclusão de sua faculdade. Ela relembrou com saudades os tempos de seleção “Se pudesse aproveitaria mais o momento que eu tive lá. Tenho saudades de todos que conheci na Seleção”, cita Lucimara.
A atleta ainda menciona sobre o crescimento do esporte, após a realização da Copa do Mundo. “As meninas conquistaram um legado bem bacana e que a modalidade cresça’’, contou Lucimara
Lucimara participou de muitos Jogos do JORNAL PANORAMA, o JOPAN, e lembra de sua experiência “Atuei em muitas edições do JOPAN pela equipe de Aiuruoca, onde tive uma experiência incrível no futsal. O que eu acho bacana das competições é que não estão só no Futsal e Vôlei. Tem diversas modalidades e talentos são descobertos a partir disso’’, lembra Lucimara.




PATROCINADO: