EDITORIA: CIDADES


Atualizado em 2017-06-02 15:35:56

Prefeitura de São Vicente de Minas apresenta balanço do primeiro quadrimestre de 2017



A equipe de secretariado da Prefeitura de São Vicente de Minas apresentou, no dia 30 de maio, um balanço da gestão fiscal do município nos primeiros quatro meses de 2017. Para tal, foi realizada uma audiência pública na sede do Poder Legislativo municipal, com a presença dos funcionários da prefeitura, os vereadores Adilson Luiz da Silva, João Batista Filho, vice-presidente da Mesa, Ketely Ester Ribeiro dos Santos, secretária da Mesa, e Carlos Humberto Dias, e população. O prefeito Jacinto Alair de Paula não pode estar presente por estar em viagem a Belo Horizonte e foi representado pelo seu vice-prefeito, Nilo. 

Foram apresentados, inicialmente, os dados financeiros da prefeitura pela secretaria de Fazenda e Administração, de responsabilidade da secretária Raquel. Segundo ele, os restos a pagar do Executivo, até o ano de 2016, eram de R$ 82 mil; em 2016, houve o acréscimo de R$ 16 mil, totalizando R$ 98 mil em dívidas. Em caixa, a prefeitura possui R$ 2,1 milhões. “Nossa dívida diminuiu, lembrando que esses são dados de 30 de abril. São Vicente está muito bem, não temos dívidas consolidadas, ou seja, parcelamentos do INSS, entre outros”, afirmou o contador João Luiz.

Em seguida, foram apresentados os dados de cada departamento pelos seus chefes. Na Educação, a secretária Valéria Cristina falou sobre as conquistas do quadrimestre no setor, como o novo ônibus escolar, formação continuada para os professores, novos materiais pedagógicos entre outros.  Já no setor de Obras, o secretário Geraldo apresentou os trabalhos realizados para a manutenção da cidade, como a limpeza das ruas, operação tapa-buraco, reparo e pintura de praças e reparo nas estradas rurais. Na secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, o secretário Afonso elencou todos os procedimentos feitos pelo setor, como o foco no atendimento ao pequeno produtor, a participação na reunião do Comitê de Bacias Alto Rio Grande e a coleta de lixo, informando que a cidade produz quatro toneladas de lixo por dia.

Na secretaria de Assistência Social, a responsável Kássia Luiza apresentou a estrutura da secretaria e seu funcionamento, além de apresentar os projetos oferecidos, como oficinas de dança e costura, e enfatizar que, agora, os serviços realizados pela secretaria estão chegando aos bairros de forma itinerante. Na Cultura, Esporte, Lazer e Turismo, o secretário Gustavo enfatizou que a cultura não deveria ser apenas as festas da cidade e, pensando nisso, buscou novos projetos para o setor, como melhoria no espaço existente na estação, apoio aos artesãos da cidade e apoio à folia de reis. No esporte, o incentivo vem rendendo bons frutos, como a realização do Torneio de Verão de Vôlei Masculino; o projeto Escola do Esporte, que já participa de competições, como o JOPAN; a criação do Conselho Municipal de Esporte para recebimento de ICMS Esportivo, entre outros.

A apresentação dos dados da secretaria de Saúde foi feita de forma diferenciada, já que o setor é obrigado por lei a expô-los a cada três meses. Desta forma, a secretária Luciene, acompanhada do regulador Robson, apresentaram os dados de outubro, novembro e dezembro de 2016 e de janeiro, fevereiro e março de 2017, mostrando a diferença de gastos e atendimentos nos dois períodos. A secretária ainda informou que neste início de mandato a preocupação maior foi dar saúde de qualidade ao município. “Para oferecermos uma saúde de qualidade, precisamos de dinheiro. Como o dinheiro estava em baixa, resolvemos fazer um cumprimento de metas, uma parte administrativa também, fazendo uma arrecadação de dinheiro através do Estado, mas sem deixar de cumprir com nossa obrigação”, afirmou a secretária.

Os slides apresentados na audiência, com todos os dados, já estão em posse da Câmara dos Vereadores e serão disponibilizados no site da prefeitura.



Fonte: Jornal Panorama

  Confira mais fotos desta notícia!





Dê sua opinião sobre o assunto:

Compartilhe essa notícia: